Running A Full Node - Bitcoin

Você sabe o que é Bitcoin ?

O universo digital realmente revolucionou toda a sociedade. Se novas condutas vieram à tona, novas ferramentas também surgiram para substituir ou agregar funções às mais tradicionais.
Com isso, informação, distância e velocidade ganharam uma nova dimensão. Até o dinheiro passou por modificações conceituais e promete continuar em evolução.
Nesse sentido, é importante falar do bitcoin (BTC), uma criptomoeda que vem fazendo sucesso no mundo todo. Você conhece essa tecnologia digital? Leia o post e entenda o que é e como realizar transações com Bitcoins.
OS CONCEITOS RELACIONADOS AO BITCOIN
Para entender como se efetuam as transações com bitcoins, é necessário compreender alguns conceitos — como endereço, carteira e mineradores, por exemplo. Veja:
ENDEREÇO
Trata-se de uma cadeia de 26 a 35 caracteres alfanuméricos — ou seja, composta por letras e números. Essa cadeia, ou string, serve para identificar o envio de um pagamento em bitcoins.
Exemplo de endereço: 14rruWSPHSCCNzCGyCqreAVp1rfyCZKt9B.
O bitcoin usa a criptografia de uma chave pública para dar validade à autoria de uma transação em rede por meio da assinatura digital. A chave pública é produzida a partir da chave privada do usuário e o endereço, por sua vez, é gerado a partir da chave pública.
CARTEIRA
Trata-se de um software empregado pelo usuário a fim de registrar endereços de recebimento controlados por uma ou por mais chaves privadas do usuário. A carteira cria, assina e transmite transações com bitcoins para a rede. Existem carteiras como aplicativos web, mobile, desktop e também para hardwares.
TRANSAÇÕES COM BITCOINS
Trata-se de uma estrutura de dados que representa a transferência de determinado valor de uma origem específica para um destino específico. Os fundos de origem do valor são chamados inputs. O destino do valor é denominado output.
BLOCO
As transações com bitcoins são agrupadas em blocos. Um bloco está sempre ligado a outro bloco anterior e informa qual foi o hash — ou seja, o código calculado e aprovado pela rede de bitcoins. Forma-se, assim, uma corrente de blocos. Ao ler todos os blocos, é possível estar a par de todas as transações com bitcoins efetuadas.
MINERADOR
Os mineradores montam os blocos de bitcoins. Eles reúnem as transações com bitcoins espalhadas na rede para formar um bloco. Montado o bloco, é preciso calcular o hash ideal. Ele calcula diferentes hashes até encontrar aquele que o bitcoin aceita. Para isso, ele precisa de um dado especial, o nonce. Tanto o nonce quanto o hash são somente um número.
Somente para exemplificar, digamos que o hash não pode ser superior a 6 (valor máximo). Quando o minerador encontra um dado (nonce) que faz o hash resultar em 4, ele já pode propagar o valor na rede.
TAXA DE TRANSAÇÃO (FEE)
Trata-se de uma quantidade de bitcoins acrescentada à transação como maneira de recompensar o minerador que tiver sucesso ao minerar o bloco da respectiva transação.
Essa quantidade é definida pelo usuário ou pelo software, variando conforme a prioridade exigida pelo usuário para que seja confirmada a transação. Geralmente, costuma-se pagar 0.0001 bitcoins de taxa por cada 1 kilobyte em uma transação normal.
AS TRANSAÇÕES COM BITCOINS NÃO TÊM SALDO
Ao contrário das transações com papel-moeda, as transações com bitcoins não apresentam saldo. As carteiras não guardam nenhum valor e a totalidade de bitcoins fica nas transações.
Caso o usuário receba 4 moedas de BTC de uma pessoa, receba mais 3 de outro usuário e deseje usar 6 moedas, a carteira identifica como origem (input) as primeiras transações (7 bitcoins no total). O bitcoin restante corresponde ao troco e é enviado, pelo software, de volta ao usuário que recebeu as moedas.
O TEMPO DAS TRANSAÇÕES COM BITCOINS
Geralmente, os blocos de bitcoins levam 10 minutos para que sejam encontrados os nonces. Se os mineradores encontram o nonce muito rapidamente, o valor máximo do hash (que, no exemplo acima, é 6) será reduzido para tornar o trabalho mais difícil.
Por outro lado, se os mineradores estiverem demorando muito, o valor máximo é aumentado para facilitar. Isso significa que tudo se ajusta proporcionalmente, sendo calculado pela própria rede. Para que a transação não se prolongue por muito mais tempo, não existe saldo. Além disso, só podem ser gerados seis blocos de criptomoedas por hora em toda a rede.
CARTEIRAS MULTI-ASSINADAS
As carteiras multi-sig, que começam com o número 3 (ex. 32v7uX5nLhZAidxMvnzq2XfAkhZNnJLxCt), só podem ser movimentadas com mais de uma chave. Exemplo, um endereço com 3 chaves precisa de 2 para ser movimentado, assim você pode criar uma espécie de conta bitcoin conjunta, que precisa da autorização de ambos pra movimentar..
A SEGURANÇA DO BLOCKCHAIN
O blockchain (cadeia de blocos) é o sistema de registros que confere total segurança às transações com bitcoins. Trata-se de um sistema de contabilidade que valida e distribui o registro de uma transação em todas as partes em que o software está atuando.
Trata-se do processo já descrito em que um hash é aprovado por um bloco que está ligado a outro imediatamente anterior.
Pode-se dizer que o Blockchain é o Livro Razão das transações com bitcoins, registrando todas elas de forma cronológica, depois que são validadas pelo hash. Vale acentuar que esse registro é único, imutável e compartilhado pelos usuários de um sistema específico.
COMO USAR BTC
Além do mercado de ações, o BTC pode ser usado de diferentes formas. Ele é mais prático que o cartão de crédito e mais seguro que as cédulas e moedas tradicionais. Certos hotéis já aceitam pagamentos em bitcoins. Na internet, muitos produtos podem ser comprados com o uso de bitcoins.
Existem também agências de viagens que trabalham somente com bitcoins, como a BTCTrip.
Também é possível:
· registrar domínios;
· importar alguns produtos;
· cursar faculdade (Draper University);
· fazer cirurgias;
· comprar imóveis;
E então? Você entendeu agora como acontecem as transações com bitcoins? Pouco a pouco você se familiariza com o processo.
Fonte Foxbit Educação
submitted by exlcapital to exlcapital [link] [comments]

/r/oBitcoin FAQ - Novatos por favor leiam

Bem vindo ao /oBitcoin FAQ fixada

O texto que se encontra aqui foi desenvolvido por Mtzrkov e outros em Github.com/btcbrdev/oBitcoin e está em domínio público para ser usado livremente por qualquer um.

O que é bitcoin?

Bitcoin (BTC ou XBT) é o primeiro e mais importante dinheiro eletrônico sem autoridade central, baseado numa tecnologia open-source inédita chamada Blockchain, que foi desenvolvida por Satoshi Nakamoto em janeiro de 2009. Essa tecnologia permite a criação de um "banco de dados" confiável P2P (ponto-a-ponto), o que abre caminho para muitos tipos de inovação, sendo uma delas o próprio bitcoin e outras como contratos descentralizados, por exemplo.
Nota: normalmente emprega-se "Bitcoin" em maiúsculo para se referir ao protocolo (baseado na tecnologia Blockchain) e em minúsculo "bitcoin" para se referir a uma unidade da moeda.
O Bitcoin, além de um bem digital, pode ser considerado também um sistema de pagamento, totalmente independente de qualquer sistema já existente, como cartões de crédito, Paypal, bancos e outros. Sua capacidade atual estimada é de 7 transações por segundo, mas essa capacidade pode ser aumentada com o passar do tempo se houver necessidade. Por ser puramente digital e distribuído, o Bitcoin funciona 24/7 e tem alcance mundial, além de ter locais especializados de troca pela moeda local (chamados exchange) nas principais cidades do mundo.
A segurança da rede do Bitcoin, ou seja, o que garante que não existirá um chamado "gasto duplo" do mesmo dinheiro, é o consenso da rede P2P feito pela validação das transações por parte dos mineradores. Para que um minerador consiga incluir um bloco válido na rede, ele precisa utilizar um grande poder computacional. O processo de mineração consiste na realização de cálculos matemáticos para a seleção de quais transações válidas serão incluídas no próximo novo bloco do Blockchain, excluindo aquelas que tiveram uma tentativa de "gasto duplo" naquele período. Cada nó da rede, além dos mineradores, também é capaz de verificar a validade das transações incluídas no bloco. É nesse processo também que aparecem os "bitcoins ainda não descobertos". A distribuição dos bitcoins é feita de forma previsível, tendo uma queda de recompensa pela metade de 4 em 4 anos. Serão encontrados no máximo 21 milhões de unidades da moeda.

Quanto vale um bitcoin?

O preço de mercado de um bitcoin é determinado através da lei da oferta e da procura, portanto estando sujeito a variações de preço por causa de acontecimentos políticos e econômicos (como desvalorização e inflação de moedas estatais, conflitos, maior demanda por Bitcoin etc).
Assim como nas moedas estatais, o preço do bitcoin varia e pode ser diferente dependendo do lugar em que for negociado.
Se você for comprar dólares no Brasil, você terá que procurar uma casa de câmbio que poderá ter a cotação de R$ 3,00 por dólar, por exemplo. Caso vá a outra casa de câmbio, você poderá notar que o preço poderá ser ligeiramente diferente, além das taxas também variarem. Com o Bitcoin não é diferente. Essa variação entre as exchanges (nome comumente usado para se refererir aos locais de compra e venda de bitcoin) são equilibradas pelo mercado através de operações de arbitragem (comprar num lugar mais barato e vender num mais caro).
Para se ter uma ideia do preço médio do bitcoin, você pode dar uma olhada em sites como os que seguem:
Para um gráfico do preço ao longo do tempo, acesse:

Volatilidade

Por ser uma moeda ainda muito recente (inventada em jan/2009) e ainda não muito utilizada, seu preço de mercado ainda é muito volátil. Isso faz do bitcoin um investimento de risco atualmente. O preço tende a ficar mais estável ao longo do tempo, quando o mercado puder definir com mais exatidão seu "preço real". As oscilações também tendem a diminuir conforme o seu market cap (quantidade de moedas x preço) aumentar. Hoje (2015) o market cap do bitcoin é de US$ 3 bi, o que pode ser considerado pouco se comparado ao valor de algumas empresas como a Dell (US$ 24 bi) ou ainda de outras commodities como o ouro (US$ 2.600 bi).
Para um gráfico da volatidade ao longo do tempo, acesse:

Como obter bitcoins?

O bitcoin é um bem digital e assim como outros bens, pode ser adquirido de diversas formas:

1. Negociação direta (P2P / pessoa a pessoa)

Uma das maneiras mais baratas de se negociar bitcoins, porque não tem taxas, é comprando diretamente de outras pessoas que já possuem a moeda. As duas partes chegam a um acordo de preço e a troca é feita. Geralmente quem tem menos reputação entrega o bitcoin ou a moeda local primeiro.
Por ser uma maneira relativamente arriscada, pois não há um mediador para casos de descumprimento de uma das partes, a reputação de alguém deve ser muito considerada. Exemplo: prefira negociar com alguém do seu círculo de amizades (rede de confiança), alguém que você confie muito como familiares e amigos, ou por uma indicação (amigo de amigo). Se a outra parte tem uma reputação duvidosa, prefira negociar aos poucos (divida os valores em várias partes menores e vá trocando aos poucos).
Algumas ferramentas auxiliam nesse processo de reputação e rede de confiança, sendo elas:

2. Negociação indireta (com intermediário)

Outra forma de se negociar bitcoins (e essa provavelmente é a maneira mais conveniente, embora não seja a mais barata) é utilizando um intermediário que viabilize a compra e venda de bitcoins entre pessoas interessadas. Esses intermediários são as "corretoras" ou "bolsas" de bitcoins (mais conhecidas por exchanges).
Essas corretoras fornecem um serviço de intermediação entre compradores e vendedores de bitcoin, cobrando uma taxa para tal. Por causa disso o bitcoin nas corretoras tem um preço final um pouco mais alto do que se fosse comprar de outras maneiras, mas devido ao altíssimo volume, uma operação pode ser realizada instantaneamente.
Além de usar exchanges, você também pode encontrar um intermediário na relação P2P, tornando-a mais segura. Exemplo: um amigo em comum, que pode levar uma comissão previamente combinada para intermediar as duas partes.
Você pode conferir uma lista de corretoras no ExchangeWar. Algumas das principais corretoras brasileiras são:

Onde gastar bitcoins?

Hoje é virtualmente possível gastar os bitcoins em qualquer lugar, usando algum intermediário para trocá-los imediatamente sob demanda por alguma moeda local, como numa exchange ou com serviços como Neteller, Xapo ou Gyft.
Alguns locais porém já aceitam a moeda digital diretamente, como é o caso da Microsoft, Dell e Overstock, além de inúmeras outras ao redor do mundo.
Confira uma lista com mais de 100 mil lugares que já aceitam diretamente o bitcoin em SpendBitcoins ou no CoinMap.
Segue algumas listas de locais que aceitam bitcoin no Brasil:

Como minerar bitcoins?

Para minerar bitcoins você precisa executar um software em um computador especializado (ASIC) que possa realizar uma grande quantidade de operações matemáticas demandada pelo sistema de consenso P2P do bitcoin.
Logo após a criação do Bitcoin em 2009, era possível e rentável minerar bitcoins utilizando o processamento de computadores pessoais (através de simples processadores e placas de vídeo), mas com o tempo essa atividade deixou de ser rentável e tornou-se praticamente impossível para tais máquinas. Isso aconteceu pois o interesse no Bitcoin aumentou muito, trazendo assim mais pessoas para a mineração e impulsionando uma corrida por maior quantidade de processamento. Com o avanço da tecnologia e o aumento do interesse por Bitcoin, mais poder de processamento foi adicionado à rede Bitcoin e isso resultou em um aumento da dificuldade para se encontrar novos Blocos.
Essa é uma característica do protocolo Bitcoin: quanto maior o poder de processamento da rede, maior a dificuldade para se minerar bitcoins - ou seja, maior a dificuldade para se descobrir novos Blocos. Um bloco é um arquivo que possui uma identificação (data, hora e informações genéricas) e um registro das transações (movimentação de bitcoins entre endereços) mais recentes. Resumidamente, os mineradores são uma forma de manter a rede Bitcoin segura e operante, algo que demanda muito poder de processamento (o que torna inviável o uso computadores de propósito geral para tal fim) e que, como retribuição por essa tarefa importante, gera uma recompensa em bitcoins pelo trabalho.
Todas as transações, ou seja, as movimentações em bitcoins realizadas entre endereços (carteiras), são anônimas pois se caracterizam como uma transferência de fundos de um endereço Bitcoin para outro, que, embora tenham relação indireta com pessoas reais, não possuem uma relação direta. Ou seja, não é possível dizer com absoluta certeza que determinada pessoa é detentora de um endereço a menos que ela diga isso em algum lugar - o que torna o Bitcoin algo pseudônimo, não anônimo (você é anônimo apenas se quiser e tiver conhecimentos para tal). Todas as transações da história da rede Bitcoin são públicas e podem ser conferidas em sites como o Blockchain Info.
Então...é impossível minerar hoje em dia num PC comum ou notebook? Sim, mas não é lucrativo. Para isso existem os ASICs (Circuitos Integrados de Aplicação Específica, em inglês Application Specific Integrated Circuits), hardwares específicos para mineração. Há uma lista na Bitcoin Wiki, em inglês, onde estão listados todos os ASICs disponíveis no mercado e também placas gráficas e processadores. É importante notar que embora seja possível minerar bitcoins, não é algo recomendado aos brasileiros, uma vez que o equipamento é caro, importado e possui taxas de importação - além da energia elétrica brasileira, que inviabiliza totalmente o processo.
Nota: Em processo de desenvolvimento: Guardando seus bitcoins e Ganhando bitcoins.

Unidades comuns do bitcoin

Unidade Abreviação Quantidade em bitcoin Uso Nome alternativo
Bitcoin BTC 1,00000000 Unidade básica, usada no client padrão. XBT
millibit mBTC 0,00100000 Padrão em diversos serviços. -
bit μBTC 0,00000100 Possível novo padrão a ser adotado. microbit
Satoshi - 0.00000001 Frequentemente usado para negociar altcoins, menor unidade possível. -

Comunidade brasileira

submitted by felipelalli to oBitcoin [link] [comments]

Fork, BitcoinXT Alguns parágrafos sobre o tema.

I can see you are filled with doubt, clouded by uncertainty.
Antes de mais nada não sou técnico, e não me julgo o senhor da verdade. Mas um coisa eu digo com muita convicção e certeza que eu estudo bem o assunto, e continuo estudando. Não sento nos meus quase 5 anos de experiência com o Bitcoin achando que sei tudo. A natureza do tema não permite esse tipo de atitude.
Depois de quase 5 anos de Bitcoin essa é a primeira crise séria que estamos passando.
Sobre o BitcoinXT
Desde quando surgiu o fork, tenho passado horas conversando com os Oracles mais especificamente com o Algorista (Hamilton Amorim). E depois de varias conversas esses são os meus pensamentos sobre o tema
Não sou contra e nem a favor, apenas me simpatizo com a ação ousada do Gavin e Mike Hearn. Todo mundo sabe que algo tinha que ser feito, e que uma decisão tinha que ser tomada. E ao meu ver democracia ou sistema de consenso não são os melhores sistemas para se tomar uma decisão. E com a velocidade que as coisas estão indo em relação ao Bitcoin demora de decisão poderia se transformar em algo desastroso e embaraçoso.
Bitcoin não é um software qualquer, e nem pode ser tratado como qual. Ele esta funcionando enquanto debatemos e não pode ser pausado enquanto tentamos encontrar um caminho menos doloroso. Centralização com visão, pode dar e tem dado certo em muitas industrias e países. Resta saber se Mike Hearn e Gavin tem visão.
Não vou entrar na conversa sobre o tamanho do bloco, ou qualquer outra discussão simplista que tem sido debatida em radio ou nos fóruns nacionais. A discussão é técnica, exige conhecimentos sobre analise de dados, analise de riscos, hardware, network,e outras coisas mais técnicas. E a intenção desse post não é para confundir ninguém. Pq Bitcoin por si só sem esse fork ja é complicado o suficiente para a maioria, e o que esta acontecendo agora deixa todos, incluindo aqueles que dizem que entendem, sem entender.
Isso não é um jogo em que você tem que ser a favor do time CORE ou A Favor do time XT. Se você esta torcendo para algum “time” você esta errado e prejudicando o processo. Pq há consequências para ambos os lados. A melhor atitude é estudar o assunto e tentar ver os benefícios que ambos os caminhos podem trazer para todos.
A única coisa que eu posso dizer é que eu torço para que qualquer que seja o caminho que esse fork esteja nos levando, que dê certo.
SOBRE O FUTURO
Esse meros parágrafos são apenas minha opinião de agora nesse instante. Amanhã pode acontecer algo novo, e minha opinião pode mudar, e tudo que eu escrevi sobre o possível futuro vai estar tudo errado. Bitcoin é muito dinâmico, e como Andreas disse uma vez 3 meses de Bitcoin são 3 anos em tempo normal.
Acredito que o BitcoinXT ira conseguir a maioria necessária para ser o “NOVO” Bitcoin. Ele vai ter o apoio da maioria dos mineradores, empresas, e usuários pelo simples fato de atender as exigências que mineradores, empresas, mercado, e usuários ativos estão pedindo.
Bitcoin Core morre e usuários simpatizantes com esse sistema continuarão trabalhando nele com outro nome, Bitcoin Vintage ou Bitcoin Matrix ou qualquer que seja o futuro nome. Mas não terá o poder computacional que tinha antes. Será apenas uma Altcoin.
BitcoinXt sera mais dinâmico ao enfrentar novos obstáculos , pelo simples fato de não depender de consenso e sim da vontade do maintainer (BOSS) e seus colaboradores.
Resta saber qual os nomes dos futuros colaboradores. Porque querendo vocês acreditarem ou não, haverá sim colaboradores ativos.
O FIM DOS LIBERTÁRIOS, ANARCO-BOBOS E AFINS.
Como vocês podem ter lido nos fóruns e posts no facebook a maioria desses indivíduos são contra o fork.
Com o BitcoinXT não haverá mais espaço para esse tipo de praga, devido a “centralização” do protocolo. Eles todos continuarão usando o protocolo para inúmeros fins, mas não estarão mais enchendo o saco e confundindo os novatos com suas teorias (credo) do século passado.
Valor
Recado principalmente para aqueles que seguram Bitcoin como investimento.
Ao meu ver o preço vai cair ainda mais. Vai ter muita instabilidade, e incertezas até o grande momento. E até la o preço vai cair com pequenos momentos de alta. Mas a tendência é o povo vender seus Bitcoins por não saber o que vai acontecer. Por isso eu digo que não é hora para investir em Bitcoins e nem tão pouco brincar de trader na Bitfinex. Venda e fique de olho até tudo se estabilizar . Depois você pode continuar brincando de trader .
Barão
submitted by AllexFer to BrasilBitcoin [link] [comments]

Mineração de Bitcoin em Português Claro

Por David Perry
Meus leitores regulares provavelmente já devem estar cientes de que eu estou mais do que envolvido com o Bitcoin. Se você não sabe o que é Bitcoin – bem, primeiramente, você provavelmente está lendo o artigo errado, mas vá em frente e assista este vídeo (http://www.youtube.com/watch?v=Um63OQz3bjo) e você, provavelmente, se inteirará do assunto. Um dos pontos mais comumente confusos para os novos Bitcoiners é o conceito de mineração (http://www.weusecoins.com/en/mining-guide). A maioria dos novatos em Bitcoin não consegue ter uma boa compreensão do conceito e praticamente todo artigo sobre o assunto (incluindo este) vai preveni-lo que o assunto é altamente técnico e não é para os fracos de coração.
E ainda, o tópico sobre mineração parece ser a fonte da maioria das perguntas sempre que eu converso com alguém sobre Bitcoin – e por que seria diferente? Ele é o mecanismo pelo qual a moeda é emitida, e emissão é um tópico de importante compreensão se você for usar e confiar em uma moeda; e o mecanismo de emissão do Bitcoin é, infelizmente, bastante complexo e técnico. Este artigo irá tentar quase o impossível: uma minuciosa explicação sobre como funciona a mineração, mas sem qualquer um dos detalhes específicos que podem assustar os leigos na sala.
Agora eu vou tentar meu máximo para evitar termos técnicos, mas existem alguns conceitos e termos fundamentais que são absolutamente vitais de entender se você quiser quebrar a cabeça minerando. Eu vou reduzi-los ao mínimo e explicá-los da forma mais simples possível.
Então o conceito básico de mineração de Bitcoin é que há um pequeno pacote de cada bloco onde estão contidos dados aleatórios e sem sentido, e mineradores de Bitcoin pegam todos os dados do bloco atual, embaralham esse pacote aleatório e calculam o hash da coisa toda. Lembre que enquanto hashes são fáceis de reproduzir, eles são impossíveis de prever e parecem funcionar de forma randômica, então o minerador não tem uma forma de prever qual pacote de dados aleatórios vai produzir o hash “vencedor”, ele pode apenas permanecer convertendo aquele pacote até obter o resultado que ele está procurando. Eventualmente, alguns mineradores acham em algum lugar um pacote de dados aleatórios que produz um hash que é menor que um determinado valor, o qual é determinado pela dificuldade, e submetem esse bloco acompanhado de seu hash à rede Bitcoin. Uma vez que a rede confirme que a solução está correta, o minerador é recompensado com um número de Bitcoins.
O número de Bitcoins na recompensa depende de determinado número de fatores. Há uma recompensa base incluída em cada bloco para encorajar a atividade de mineração enquanto o Bitcoin ainda está nos estágios iniciais – atualmente a recompensa é de 50 bitcoins, mas de vez em quando a recompensa é cortada ao meio até eventualmente chegar a zero. Algumas transações cobram uma taxa de transação, que também vai para os mineradores. Futuramente essas taxas de transação serão a única recompensa pela mineração, mas a esperança é que nesse período haverá transações suficientes (e, portanto, taxas suficientes) para fazê-la valer a pena.
Bem no início, o número de mineradores e a qualidade de seus equipamentos era tão baixa que o que eu descrevi acima era tudo o que existia: um punhado de computadores domésticos fazendo um monte de cálculos matemáticos na máxima velocidade e a maioria deles conseguia alguns milhares de Bitcoins a cada dia. Hoje, entretanto, já existem tantos mineradores e seus equipamentos são tão mais rápidos que U$ 1000 em equipamento para mineração iria gastar entre dois a três meses trabalhando antes de conseguir resolver o primeiro bloco. Algo precisava ser feito.
Grupos de mineração surgiram para resolver este problema. O conceito é simples: Um punhado de mineradores trabalham juntos para resolver blocos e quando o grupo resolve um, eles dividem seus ganhos da forma que acharem mais justa. Existem, é claro, divergências entre os grupos sobre qual a melhor forma de dividir os lucros, mas esta discussão bastante técnica é para outro artigo.
Estes são os mecanismos básicos, mas existem algumas coisas importantes que podem não ter ficado óbvias à primeira vista
Se algo não está claro ou se você acha que há algo que valha a pena ser acrescentado, deixe-me saber nos comentários e eu farei meu melhor para deixar todos felizes!
Atualização: Este post tem ganhado muita atenção ultimamente e eu tenho sido inundado de comentários com variações da mesma pergunta: “Para qual propósito serve a mineração?”.
A resposta é dupla:
Distribuir moedas é uma tarefa fácil se você tem uma autoridade central – essa autoridade simplesmente imprime algum dinheiro e decide para quem dá-lo. Quando você não tem uma autoridade central e você não quer nenhum idiota imprimindo toneladas de moeda a vontade e destruindo seu suprimento de moedas com inflação, você tem alguns problemas complicados para resolver. Mineração resolve esse problema ao incluir um difícil problema de “proof-of-work” em cada protocolo do Bitcoin para o qual a recompensa é uma unidade de moeda.
Essa é a parte da explicação que fica longa e complicada – realmente longa e complicada. É a toca do coelho e mais um pouco, mas se você está disposto a descer por esse buraco do coelho, o melhor lugar para começar é provavelmente este post (http://www.mail-archive.com/[email protected]/msg09997.html) do criador do Bitcoin Satoshi Nakamoto. Para uma explicação mais generalizada, eu recomento o artigo da Wikipedia (http://en.wikipedia.org/wiki/Proof-of-work_system) sobre sistemas de “proof-of-work”. A versão curta da explicação: é um método para resolver transações conflitantes e prevenir gastos duplos. Texto de origem http://codinginmysleep.com/bitcoin-mining-in-plain-english/
Tradução por: Sarah Alexandre
submitted by allex2501 to BrasilBitcoin [link] [comments]

Minerar Bitcoin Computador e Notebook Veja como minerar Bitcoin no PC em 2019/2020! Tutorial NiceHash Miner A MELHOR MINERADORA DE BITCOIN E ETHEREUM PARA 2020 Nova Mineradora de Bitcoin  Uniex  Prova de Pagamento QUER GANHAR DINHEIRO? MONTANDO UM RIG PARA MINERAR BITCOIN

A próxima peça de hardware para minerar Bitcoin que eu vou falar é uma para os iniciantes. Os criadores do equipamento de mineração Avalon6 Bitcoin, a Canaan Creative, o construíram com simplicidade em mente. O minerador Avalon6 Bitcoin é uma das unidades ASIC mais fáceis de se configurar. Passo a Passo para mineração de bitcoin: Etapa 1: Obtenha o hardware de mineração de bitcoin. Você não será capaz de minerar sem um minerador ASIC . ASIC mineiros são computadores especializados que foram construídos com o único propósito de minerar bitcoins. Nem tente minerar bitcoins em seu desktop ou laptop! Confira os melhores sites de mineração na nuvem só aqui a melhor minerador bitcoin e altcoins grátis no ranking dos melhores mineradoras de criptomoedas os mais rentável e confiaveis do mundo.Como ganhar dinheiro com mineração de criptomoedas?A mineração na nuvem também chamada Cloud Mining permite que os usuários comprem capacidade de computação alugando hardware profissional On the Main tab, click Start Bitcoin on system login. Click the Ok button to save the new settings. The next time you login to your desktop, Bitcoin Core GUI should be automatically started as an icon in the tray. If Bitcoin Core GUI does not automatically start, you may need to add it to an .xinit or .xsession file as described here. Agora que você recebeu tantas opções, queremos lembrá-lo de que você pode instalar apenas um software de mineração de Bitcoin ou altcoins por vez. Além disso, lembre-se de que o software deve ser compatível com o hardware e com o PC que você usará; faça o download do aplicativo de mineração que melhor requisitos.

[index] [18447] [15350] [22491] [16338] [11598] [48517] [37111] [48056] [40763] [9529]

Minerar Bitcoin Computador e Notebook

Você pode realizar a mineração de Bitcoin através de seu Notebook / Computador utilizando o GuiMiner. Você vai precisar encontrar um Pool de mineração, se cadastrar e em seguida você pode ... 🛑 Mineradoras Online de Bitcoin e outras Criptomoedas valem à pena? Veja se compensa! - Pt.1 2018 - Duration: 13:36. Crypto Tchaps 31,465 views. 13:36. Veja como minerar Bitcoin no PC! Tutorial ATUALIZADO NiceHash Miner 2019/2020 para iniciantes Link: https://cryptotchaps.com/link/nicehash 🔔 Conheça o nosso ... Olá galera se inscreva no canal deixe seu like e clique no sininho de notificações Link do programa para PC: https://cryptotabbrowser.com/9596828 Whatsapp (13 ... O primeiro passo é montar uma máquina pra isso e eu vou deixar o passo a passo de como montar uma máquina simples e muito eficaz pra começar sua carreira de minerador. Contato comercial ...